26. abril 2016 · Comentários desativados em Três fatores para permanecer em boas empresas · Categories: Gestão de Carreira · Tags: , , ,

Um dos fatores de grande interesse para o mercado de trabalho, principalmente aos recrutadores, é a permanência dos profissionais em empresas. O cenário atual do mercado apresenta por um lado, empresas com interesse em investir nos seus colaboradores e de outro a rotatividade de profissionais dentro das instituições. Para a QI Profissional, quando os profissionais permanecem por mais de um ano nas empresas é um motivo de celebração, porque comprova que profissional e empresa agregaram-se perfeitamente.

IMG_6957

Dalmo Valim, Gerente Geral

A trajetória do profissional Dalmo Valim é um excelente exemplo dessa união entre profissional e empresa. Nesse início de ano, a recolocação de Dalmo, cliente da QI Profissional, no mercado de trabalho está completando dois anos e meio. “Em julho, completo três anos e está maravilhoso o trabalho”, comemora.

Gerente Geral da Rede H. Plus, em Brasília, Dalmo, 34 anos, nascido na Bahia, conta sua trajetória profissional, declara sua paixão pela capital do Brasil e revela três fatores imprescindíveis para permanecer trabalhando na rede da hospitalidade.

O primeiro trabalho foi como o de muitos jovens de Salvador, como atendente na rede de fastfood MCDonald’s, em 2001. Foi durante essa primeira experiência que surgiu o convite para a área da hospitalidade. “Uma amiga me convidou para trabalhar em um hotel como recepcionista durante suas férias em Salvador e nunca mais sai”, conta.

Trabalhou como atendente de hospedagem e auditor no Porto Farol Hotel, de 2001 a 2004, mesmo ano em que se torna bacharel em Turismo pela Factur da Bahia. Formado, Dalmo inicia uma trajetória na rede Accor. No período de 2004 a 2007, atuou como atendente de hospedagem. Conclui pós-graduação em Gestão Estratégica de Pessoas pela Universidade Estadual da Bahia, em 2007, e passa a atuar como Trainee Gerencial no hotel Ibis, também da rede Accor, atuando na cidade do Rio de Janeiro, Macaé e São Paulo. Em 2008, assume uma posição mais elevada, como assistente de gerência no Hotel Formule 1, no Rio de Janeiro, onde permanece por dois anos. Em 2010, assume como assistente de gerência no Hotel Formule 1 na cidade de Vitória, Espírito Santo.

Ao completar sete anos de carreira na rede Accor, Dalmo decidiu encarar novos desafios e para isso, contou com a contribuição da QI Profissional. Através da assessoria, foi lhe apresentada a rede Meliá, renomada empresa espanhola. Por um ano e meio Dalmo atuou no Melia International Hotels – Tryp Nações Unidas, em São Paulo, o maior hotel da América Latina da rede Tryp com chefia de recepção, mensageria, telefonia, reservas e gerência de hospedagem.

Em 2013, Dalmo voltou a contratar a QI e com a experiência adquirida na passagem pela rede Meliá foi constatado um importante crescimento na carreira. Com isso uma nova oportunidade de emprego lhe foi indicada, mas, desta vez, a novidade era em todos os setores: nova rede de hoteis, nova cidade e um novo cargo, mais qualificado. O profissional, que tem um perfil desafiador, agarrou à oportunidade e a experiência é de sucesso total. “Brasília é a melhor cidade que conheço”, declara.

Apaixonado pela cidade, onde pode ir ao trabalho de metrô, Dalmo revela três fatores essenciais para manter-se numa boa posição com permanência longa nas empresas. “Primeiro, é a adaptação com o local, com a cidade. Em segundo lugar, acho importante analisar como a empresa recebe o profissional, a forma de tratamento e, em terceiro, o que considero a cereja do bolo é o comprometimento do profissional com o que se prontificou a assumir”, sugere.

Para o diretor da QI Profissional, Márcio Moraes, foi muito gratificante a parceria com o profissional Dalmo nas duas passagens dele na empresa. “Em 2011, percebemos que as competências de Dalmo indicavam a possibilidade para assumir a gestão departamental de um empreendimento de categoria e porte diferenciado da que estava atuando e assim orientamos o profissional e avisamos o mercado. A efetivação na rede Meliá se encaixou perfeitamente nos planos que tínhamos traçado. Mas, na última passagem de Dalmo na QI, percebemos a evolução das competências do profissional que apresentava condições de assumir uma gerência geral júnior e a proposta da H.plus atendeu aos planos. Dalmo no âmbito comportamental aprecia o reconhecimento, respeito e admiração das pessoas, é um especialista em relacionamento com liderados, pares e superiores, mantendo o foco na eficiência e qualidade das entregas. O líder de Dalmo se souber estimular o lado social e entusiasmado do seu perfil, poderá realizar grandes conquistas para a empresa”, ressalta.

Para fechar com chave-de-ouro, Dalmo, que tem um histórico de permanência duradoura nas empresas que trabalha, revela segredos para aqueles que assim como ele desejam estabilidade e fidelidade às empresas empregadoras.

“É preciso estar atento às necessidades dos clientes e ler bastante”, conta. As indicações de leitura que ele deixa são: revista Super Interessante, que sempre oferece novidades de sustentabilidade e inovação; e o livro de Josh Kaufman, intitulado Manual do CEO. Outra ferramenta que ele considera muito importante é dominar outro idioma. “Espanhol aprendi muito cedo, é minha língua materna, já que minha mãe é de origem argentina e, como ela lecionava em escola de idiomas, tive a oportunidade e a facilidade de aprender inglês também ainda quando criança”, conclui Dalmo.

Comments closed.