16. dezembro 2016 · Comentários desativados em A sua empresa está no vermelho, chame os recuperadores · Categories: Artigos · Tags: , , , ,

 

Já ouvimos aquela expressão para cada ocasião, uma solução. Podemos utilizar outra analogia, sem conhecer a terra em que estou plantando, não conseguirei saber qual como será a colheita. Assim, acontece também nas organizações, em que momento a sua empresa se encontra?

Na função de especialista em analisar perfis profissionais para o mercado de hospitalidade, tive o prazer de encontrar excelentes recuperadores de empresas e departamentos. Digo departamento porque muitas vezes a crise pode estar centralizada em um único setor e esse dissemina para os demais a desmotivação e a falta de engajamento.  Porém, sem saber os motivos da crise, não há como solucioná-la. O autoconhecimento não serve somente para as pessoas, mas também para as empresas, caso contrário não há como saber quais medidas tomar e quais recursos a empresa possui para enfrentar a crise.

O desconhecimento sobre a empresa, poderá levá-la a dispensar, justamente, profissionais com talento para enfrentar esse período turbulento. Quem sabe o remanejamento de profissionais permitiria colocar o talento adequado em pontos estratégicos da empresa e surtir o efeito desejado. O conhecimento sobre os talentos que a empresa disponibiliza permite conhecer individualmente profissionais com capacidades diferenciadas e quando agrupados numa força tarefa é a “química” de comportamentos necessários para as respostas que a empresa tanto necessita.

Porém, devido justamente a crise, a baliza para a demissão de profissionais tem sido o salário mais alto, ou a junção de profissionais onde a somatória permita que cargo do gerente ou diretor seja salvo, conquistando assim a meta de redução na folha de pagamento. Quais recursos estão sendo dispensados? Não se sabe. Parece aquele barco que está afundado em que todos os ocupantes estão jogando água para fora sem saber o tamanho do problema e ainda assim mais pessoas são dispensadas. O desconhecimento eleva o desespero e o agravamento da crise.

Muitos desses disponibilizados serão utilizados pelo novo empregador justamente para resolver o mesmo problema ao qual foram dispensados da empresa anterior. Simplesmente porque tiveram a oportunidade de serem ouvidos e os seus talentos reconhecidos, assim como acontece num processo de seleção. E o responsável pelo processo diz empolgado “você é o talento que preciso justamente para contribuir em equipe e superarmos esse momento que a empresa está vivendo”.

Há necessidade de ajustes na empresa anterior, conhecer seus recursos humanos é o ponto de partida para encontrar soluções. Obviamente, não existe um “Salvador da Pátria”, nem mesmo o mágico que num encantamento poderá transformar a empresa numa organização com alta rentabilidade. A fórmula é unir num mesmo comitê, profissionais com diferentes talentos que possam conduzir a empresa para um caminho mais seguro.

Exemplificarei com alguns dos talentos comportamentais em que tive contato nos cargos de chefia à diretoria, que permitem retirar empresas do fundo do poço e transformá-las, no tempo adequado, em empresas com boa saúde financeira.

O primeiro deles é o próprio, talento comportamental “Recuperador”; esse analisa os sintomas, vê onde estão as falhas, estuda os possíveis caminhos, o que pode ser recuperado e consertado e o que precisa de novas formas de atuação. Enquanto algumas pessoas ficam assustadas diante da possibilidade de enfrentar problemas conhecidos ou não, eles se energizam com essa possibilidade. Para eles, saber que pode encontrar saídas é maravilhoso. Especialistas em áreas específicas, essas pessoas possuem essa tendência natural e conseguem fazer milagres pela sua tenacidade na busca do conhecimento e do funcionamento das coisas. Concentrando-se facilmente no trabalho desenvolvido, são capazes de refletir sobre as situações e restaurar. São pessoas meticulosas, estruturadas, tenazes, organizadas, reservadas e questionadoras.

Profissionais com esse comportamento e mais o conhecimento técnico adequado, ao qual tive o prazer de conhecer, conseguiram reestruturar departamentos, como o setor de Alimentos & Bebidas, incluindo a equipe e reformulação de cardápio, resultando em elevação da receita, diminuição de custos e aumento da produtividade e qualidade. Exemplos de conquistas são vários, cito alguns:

– Gerência de programa que elevou o controle de enxoval, reduzindo significativamente perdas e extravios; – Em equipe, o primeiro lugar no ranking Brasil do grupo em vendas de cartão de fidelidade, estimulando a competividade positiva;
– Redução das compras de bebidas, por meio da diminuição do desperdício e reestruturação do sistema de controle operacional;
– Promoção da economia de matéria prima na cozinha, acompanhando as linhas de produção, permitindo desenvolver novos processos e reduzir as discrepâncias;
– Redução significativa dos custos de empreendimento hoteleiro prestes a solicitar aporte de capital aos investidores;
– Recuperação das condições financeiras em que permitiu a elevação dos resultados, passando o empreendimento com resultado negativo a lucro contábil;
– Premiação pelos resultados alcançados em superação de metas qualitativas e quantitativas, por garantir  a conformidade dos padrões da rede, dentre os prêmio um  que nunca havia concedido antes a um empreendimento brasileiro;
– Desenvolvimento de normas, regras, procedimentos, padrões de serviços em empreendimento com conceito inovador;
– Gestão de projeto de Retrofit com empreendimento em funcionamento, envolvendo engenharia, decoração e logística em áreas de alta complexidade, mantendo a mesma qualidade dos serviços para um fluxo de público fixo e flutuante na ordem de 10 mil pessoas/dia.

Selecione também para formar essa força tarefa o perfil com talento “Estrategista”, esse possui iniciativa, automotivação, exatidão e capacidade de obter resultados vantajosos. No meio da maior desordem esse perfil consegue encontrar a melhor rota a ser seguida. Isso porque essa pessoa consegue ver padrões onde outros só conseguem ver complexidade. Ela tem a capacidade de prever o que pode acontecer e se organizar adequadamente para evitar surpresas. Sua desconfiança está a serviço da sua segurança. Sabe lidar com a oposição e a resistência às ideias que possam desviar dos planos e pressionar para o cumprimento de prazos. Capaz de trabalhar num ambiente que apresente variações e interrupções, esse indivíduo possui uma natureza especializada/técnica. É do tipo que toma decisões, é competitivo, imaginativo, autoconfiante, lógico, sistemático e preciso. Sua forma de se comunicar é ponderada e trabalha de acordo com parâmetros previamente definidos fazendo com que as coisas aconteçam rapidamente.

Para não ter dúvida de que terá uma equipe forte para amenizar os impactos da crise e superar os principais desafios, selecione o perfil com talento comportamental “Solucionador”, é um verdadeiro malabarista. Adora resolver problemas. Diante de uma situação complexa que envolve muitos fatores, sempre procura descobrir a melhor maneira de fazer as coisas. Consegue reconfigurar e refazer tudo para atingir o objetivo final. É um exemplo de flexibilidade eficiente. Se tiver que mudar os planos por uma melhor combinação de pessoas ou recursos para atingir uma determinada meta, esse perfil é capaz de encontrar a melhor opção. Do rotineiro ao complexo ela acha a solução mais adequada. Sabe integrar trabalho e família deixando todo mundo satisfeito. Para isso sabe influenciar e passar confiabilidade para as pessoas levando-as a defender seus pontos de vista e fazer negociações em áreas administrativas, especializadas ou técnicas, com resultado final compensador. Organização, liberdade para agir e autoridade para tomar decisões são suas características. É firme, tem iniciativa, é amistosa, autoconfiante e persistente levando até o final o que iniciou.

E para que todos na equipe se interajam com qualidade, o perfil profissional com talento comportamental de “Comunicador” é o mais apropriado, esse é de fácil contato. Gosta de explicar, expressar-se publicamente e interagir. Esse sente uma necessidade imensa de levar ideias à vida. Consegue energizar e tornar estimulante tudo à sua volta. Essa pessoa tem a capacidade de pegar uma ideia árida e lhe dar vida com imagens, exemplos e metáforas. Consegue prender a atenção de todos, porque suas palavras retratam o interesse das pessoas, se afinam com o seu mundo e as inspira para a ação. Autoconfiante, ela possui a capacidade de influenciar e persuadir diferentes tipos de pessoas para agirem positivamente. É uma motivadora nata. Mantém o otimismo e o entusiasmo nas pessoas e nos grupos.

Poderemos continuar a exemplificar com perfis diferentes que juntos formam uma equipe preparada com talentos comportamentais para reconhecer os problemas que a empresa enfrenta e encontrar meios de suavizar ou até mesmo solucionar. Obviamente, tudo dependerá da cultura da empresa, do momento em que vive e os objetivos traçados. Porém, o  autoconhecimento nos permite colocar as pessoas certas no lugar certo e num momento certo.

Fonte: Descrição de Talentos da ferramenta DISC e experiências obtidas na análise de profissionais de diversos cargos, de chefia a diretoria.

 

Comments closed.